Dinâmicas De Apresentação | Veja Exemplos e Como Aplicar

Dinamicas de Apresentação

A dinâmica de apresentação é uma técnica eficaz utilizada pelas organizações em várias situações, como integração de novas contratações, criação de novas equipes ou para estreitar vínculos entre departamentos, melhorando de forma significativa as relações interpessoais dos colaboradores.

Essa atividade permite que os participantes relaxem e se sintam confortáveis, além de ajudá-los a lembrar seus respectivos nomes e algumas características pessoais ou profissionais. A dinâmica de apresentação favorece a exposição de informações sobre as pessoas do grupo e seus sentimentos, fortalecendo as condições de cooperação, cumplicidade e confiança.

Essa técnica abre caminho para que a aprendizagem, a inteligência coletiva ou a coesão criem inclusão em um grupo, além de permitir que se apresentem e se conheçam de maneira original, divertida e lúdica.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Importância Da Dinâmica De Apresentação

No mercado de trabalho atual, o perfil mais solicitado para a maioria das posições é aquele que se destaca em habilidades e atitudes que geram bons relacionamentos no ambiente de trabalho de forma geral e em equipe. Muitas vezes encontramos ofertas de emprego cuja exigência de saber trabalhar em grupo é a mais decisiva.

Portanto, é importante conhecer ferramentas para melhorar a fluidez e o desempenho dos grupos de trabalho. Da mesma forma, se você é um líder, é importante entender que a produtividade está cada vez menos relacionada às habilidades individuais para a execução de tarefas e muito mais voltada às habilidades sociais.

Ferramentas importantes estão sendo cada vez mais utilizadas para o desenvolvimento humano e as dinâmicas de grupo foram uma valiosa descoberta.

A palavra dinâmica significa "força". Dinâmica de grupo significa o estudo de forças dentro de um grupo. Como os seres humanos têm um desejo inato de pertencer a um grupo, o dinamismo do grupo está fadado a ocorrer.

Em uma organização ou em uma sociedade, podemos ver grupos, pequenos ou grandes, trabalhando pelo bem-estar em comum e em busca dos mesmos objetivos.

Existem vários tipos de dinâmicas de grupo, sendo uma delas a dinâmica de apresentação, utilizada para que indivíduos diferentes e desconhecidos entre si possam se conhecer melhor e se tornarem um grupo eficaz, funcionando como uma máquina bem lubrificada.

O processo social pelo qual as pessoas interagem em pequenos grupos pode ser chamado de dinamismo de grupo. Um grupo tem certos objetivos e metas comuns e os membros estão ligados a certos valores e cultura.

No desenvolvimento organizacional, a dinâmica de apresentação facilita a compreensão do comportamento das pessoas dos diversos grupos de trabalho.

Este modelo de dinâmica pode ser considerado um componente crítico do gerenciamento bem-sucedido. Quando a coesão é desenvolvida dentro de um grupo, cada membro individualmente melhora seu desempenho, buscando alcançar os objetivos estabelecidos pelo grupo.

Exemplos De Dinâmica De Apresentação

Esse modelo de dinâmica pode cuidar das apresentações de uma maneira muito mais divertida do que simplesmente declarar nomes. Ela pode fazer as pessoas se lembrarem das outras com mais facilidade e ajudar a iniciar conversas.

Quando bem-sucedida, a dinâmica de apresentação pode criar rapidamente um senso de comunidade, definir o tom da próxima sessão e dar aos participantes a propriedade do aprendizado futuro.

Ela também é uma ótima maneira de as pessoas compartilharem suas expectativas, ajuda os participantes a se soltarem, se entenderem mais e possibilita melhor colaboração.

É uma maneira infalível de energizar o grupo e deixar todos focados e prontos para seguir em frente como verdadeiras equipes.

Veja algumas sugestões de dinâmicas que você poderá utilizar em sua organização, atingindo um melhor desempenho geral ao desenvolver maior confiança, empatia e comprometimento em sua força de trabalho.

Por trás do nome

Cada pessoa tem um nome, obviamente. No entanto, as pessoas raramente conhecem a história por trás do nome de outra pessoa.

Peça a todos que compartilhem a história de como receberam seu nome. Talvez eles tenham o nome de um tio-avô ou o nome deles seja um compromisso entre os pais. Conhecer essas histórias pode ajudar a gravar os nomes e fornecer uma pequena visão do histórico de cada membro da equipe.

Pergunte sobre a origem ou o significado por trás do nome de cada pessoa para uma discussão mais prolongada.

Perguntas na bola de praia

Pegue uma bola de praia e uma caneta. Escreva perguntas abertas ao redor da bola. Entregue aos integrantes da dinâmica de apresentação e dê-lhes um tempo para que fiquem jogando de forma o mais descontraída possível, até que você de o comando: "segura".

Quem pegar a bola deve ver qual pergunta o polegar direito está indicando. Peça que responda à pergunta e jogue para outra pessoa, que repetirá o processo. Essa é uma maneira fácil, divertida e sem estresse das pessoas se conhecerem.

Sugestões de perguntas:

  • Qual o seu nome e em que cidade nasceu?
  • Qual a sua cor preferida e por quê?
  • Quanto tempo você tem de empresa?
  • O que você gosta de fazer nas horas livres?
  • Se você fosse um animal qual seria e por quê?
  • Qual seu maior desejo?
  • Qual o seu  maior receio?

 

Os três Cs

Considere usar os três Cs: cor, carro e culinária. Peça a cada pessoa que nomeie algo em cada categoria e explique o motivo da escolha. Você aprenderá como cada pessoa se percebe, solicitando autodescritores.

Quem é meu parceiro

Divida o grupo em pares e peça que um entreviste o outro por alguns minutos.

Um pequeno esboço de perguntas pode ser fornecido, dependendo do objetivo da apresentação ou que podem ser feitas livremente.

Exemplo de perguntas:

  • Qual seu nome?
  • Qual sua idade?
  • Onde você nasceu?
  • Onde você mora?
  • Tem filhos? Qual a idade deles?
  • Qual era sua atividade anterior?
  • O que você gosta de fazer no seu tempo livre?
  • Qual sua maior qualidade?
  • Qual seu maior defeito?

 

Após um tempo determinado pelo orientador, todos retornam ao grande grupo e os pares apresentam seu parceiro. Através dessa dinâmica de apresentação, além de se conhecerem melhor, os membros aprendem a praticar a escuta ativa.

Também pode fazer com que cada membro se apresente individualmente. O orientador deve especificar as informações, como nome, pontos fortes, algo divertido que aconteceu, lugares para onde para onde a pessoa viajou, etc.

As atividades para nos conhecermos são interessantes porque você precisa conhecer uma pessoa para entendê-la. E quanto mais as pessoas se conhecem, melhor trabalharão juntas.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Coisas em comum

Os participantes devem ser distribuídos em grupos de cerca de 5 pessoas. Em seguida, é solicitado a cada grupo que encontrem 10 coisas que têm em comum entre os membros.

Eles não podem descrever coisas do vestuário, nem do trabalho nem da anatomia.

Alguém no grupo anota as informações que serão repassadas ao grande grupo posteriormente.

Perguntas engraçadas

É uma atividade que permite que os membros do grupo se descontraiam, se expressem com maior liberdade e se divirtam.

São formados grupos de 4-5 pessoas aleatoriamente. Uma lista de perguntas é oferecida para respondê-las. Materiais como papel e caneta devem ser distribuídos.

Essas perguntas podem ser:

  • Qual a sua cor preferida e por quê?
  • Que outro nome você escolheria?
  • Se fosse um objeto, qual seria?
  • Qual seria o slogan da sua vida?
  • Qual seu animal favorito e por quê?
  • Que lugar você gostaria de estar neste momento?

 

O orientador define o tempo disponível para as respostas individuais, a discussão dentro do grupo e a apresentação para o grande grupo. Esta dinâmica de apresentação é bastante interessante, porque revela o quanto temos em comum com outras pessoas.

Dinamicas de Apresentação

Devolva a bolinha

Tamanho do grupo: até 30 participantes.
Material: 1 bolinha, podendo ser até mesmo de papel.
Tempo: Considera-se um minuto para cada participante.

Desenvolvimento

O facilitador coloca a bolinha no chão e pede aos participantes que formem um círculo em volta da bolinha.

Logo após, solicita que alguém, de forma espontânea, pegue a bolinha. A pessoa que pegou a bolinha deverá se apresentar, dizendo o nome, o que faz na empresa e qual sua melhor qualidade e depois passar a bolinha para outra pessoa, sem deixar cair e assim sucessivamente.

Sem dizer nada aos participantes, mas após o último se apresentar, é solicitado que façam o caminho inverso com a bolinha e que o antecessor fale o nome, o que faz na empresa e a qualidade da pessoa a quem ele vai devolver a bolinha.

Essa dinâmica de apresentação é muito boa para quebrar o gelo e também sensibilizar os participante sobre a importância de ouvir e prestar atenção às pessoas que estão a nossa volta.

A caixa do medo

Objetivo: Aprender a superar os medos e desafios.
Material: Um chocolate ou bombom, um pedaço de papel escrito "coma o chocolate", uma caixa e papel para embrulho.
Objetivos: Perceber que nossos medos e desafios, muitas vezes não têm fundamento e que ao enfrentá-los, podemos nos surpreender de forma positiva.

Desenvolvimento

Todos fazem um único círculo. O facilitador explicará aos participantes que irá colocar uma música e enquanto estiver tocando, eles devem ir passando a caixa de mão em mão. Não vale jogar a bola.

Dirá que dentro da caixa têm uma ordem que deverá ser cumprida por aquele que ficar com a caixa, quando a música parar. O facilitador deverá fazer um suspense, dizendo que a ordem a ser cumprida não é muito fácil, que outros já tentaram e não conseguiram, que para muitas pessoas pode ser constrangedor, etc.

Depois de um tempo ele para a música e pede para quem ficou com a caixa ir ao centro do círculo para executar a ordem. Caso a pessoa não queira cumprir "a ordem", ele repete o processo até que alguém tenha coragem para "pagar o mico".

Quando a pessoa concordar em "pagar o mico" terá uma grata surpresa ao abrir a caixa: encontrará um chocolate e uma ordem escrita "coma o chocolate" e então, aqueles que não quiseram enfrentar o desafio pensarão "podia ter sido meu".

Esperanças e medos

Essa dinâmica de apresentação ajudará a dar um impulso a sua equipe, para entender melhor o que os motiva e o que os preocupa. Ao revelar os medos de maneira não ameaçadora, a equipe pode discutir essas barreiras em potencial.

É um ótimo exercício para equipes com novos membros ou uma equipe se preparando para assumir um novo desafio.

Você precisará folhas de papel de duas cores. Divida os participantes em grupos menores de 4-5 pessoas. Cada membro do grupo recebe uma folha de uma cor primeiro. Peça aos membros dos grupos que anotem sua maior esperança para o trimestre, para o ano, para um determinado projeto, etc.

Depois de um tempo determinado, o grupo deve discutir entre si e colocar as esperanças individuais de cada um, não importa quais sejam, em ordem de relevância de acordo com a visão do grupo.

Distribua a outra cor de folha com as instruções de cada indivíduo deve anotar o seu maior receio também para o trimestre, para o ano, para um determinado projeto, etc.

Repita o mesmo processo que foi realizado no caso da esperança. No final, leia as maiores esperanças primeiro e depois os maiores receios.

Esperanças e receios são importantes para os membros da equipe se entenderem e conhecerem suas fragilidades.  Compartilhar esses sentimentos faz parte do preparo e ajudará a antecipar os inevitáveis ​​fluxos e refluxos do trabalho em conjunto na busca de uma meta.

Mapa do grupo

Uma organização é composta de pessoas que vêm de muitos lugares diferentes.

Desenhe o mapa do Brasil e seus respectivos estados no chão da sala onde será realizada a dinâmica.

Um de cada vez, solicite que os participantes se coloquem no seu estado de nascimento e na posição da cidade onde nasceram. Peça que compartilhem um valor interno que obtiveram daquele local e por que isso é importante para eles.

Incentive as pessoas a compartilhar uma história curta, se quiserem. Compartilhar costumes e valores da infância pode criar mais compreensão e ajudar a formar laços mais fortes.

Duas verdades e uma mentira

Um jogo simples e clássico. Cada participante compartilha três afirmações sobre si, sendo duas verdadeiras e uma falsa. Então, todo mundo tenta adivinhar qual é a mentira, fazendo perguntas.

O objetivo é descobrir o máximo de detalhes possível sobre as declarações, realizando perguntas e observando a reação nas respostas para descobrir o que não é verdade. O ponto principal é aprender fatos sobre os colegas enquanto insere um elemento misterioso e aprendendo a interpretar a comunicação não-verbal.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Ebook Gratuito!

Descubra como fazer um Roteiro de Entrevista com as 20 Perguntas Indispensáveis para você aplicar!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba o ebook agora mesmo, de forma gratuita.