Tipos de Temperamento: Saiba Como Aproveitá-los em sua Empresa

Você já ouviu falar dos tipos de temperamento? Eles foram explicados pela primeira vez pelo médico e filósofo grego Hipócrates, que viveu por volta de 400 anos a.C.

Cada um deles descreve um comportamento diferente em cada indivíduo e conhecê-los pode ajudar você a trabalhar seus pontos fortes e fracos e tornar o ambiente de trabalho mais favorável.

Neste artigo você vai conhecer os 4 tipos de temperamento, saber como aproveitá-los em sua empresa e aprender a lidar com eles por meio da inteligência emocional.

 

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que é temperamento?

Trata-se do conjunto de características que compõe o comportamento de uma pessoa.

Cada ser humano tem um temperamento único que se desenvolve de acordo com sua percepção do mundo.

É essencial ter conhecimento sobre seu próprio temperamento no meio profissional, pois a partir disso é possível fazer boas escolhas e selecionar o trabalho mais adequado e também evitar conflitos.

Quais são os tipos de temperamento?

Quando Hipócrates criou sua teoria, ele baseou os temperamentos em fenômenos biológicos, como: a bílis amarela, a fleuma, o sangue e a bílis negra.

Cada um deles corresponde a um temperamento:

  • bílis amarela representa o colérico;
  • fleuma indica o fleumático;
  • sangue representa o sanguíneo;
  • bílis negra se refere ao melancólico.

 

Vamos conhecer cada um deles.

Colérico

Quem tem esse temperamento geralmente é explosivo e gosta de liderar. Também tem facilidade para planejar, são impulsivos e tomam a iniciativa.

Além disso, conseguem lidar com problemas e desafios. Geralmente são essas pessoas que assumem cargos de liderança.

No entanto, precisam trabalhar sua paciência e tolerância.

Fleumático

Pessoas com esse temperamento costumam ser calmas e sonhadoras, mas ao mesmo tempo racionais.

São boas observadoras e gostam de rotina e são resistentes a mudanças.
Além disso, são ótimas para atuar nas áreas de atendimento e planejamento.

Precisam trabalhar sua dificuldade em tomar decisões para ter atitudes mais proativas.

Sanguíneo

Quem tem esse temperamento gosta de chamar a atenção, é bem extrovertido e costuma se dar bem com todos no trabalho.

Além disso, são capazes de se adaptar a diferentes situações, são otimistas e sensíveis.

Também são confiantes e gostam de influenciar as pessoas por meio de conversas e atividades.

São ótimos para trabalhar na área de comunicação, mas precisam trabalhar o foco, a impulsividade e a organização.

Melancólico

Pessoas com esse temperamento costumam ser introvertidas, escondem seus próprios sentimentos e são muito sensíveis.

Além disso, valorizam as regras, regulamentos e estrutura e costumam ser cuidadosas, lógicas e perfeccionistas.

No entanto, são pessoas leais, dedicadas, altruístas e organizadas. Precisam trabalhar seu pessimismo e a aceitação por mudanças.

Por que é importante conhecer seu tipo de temperamento?

Primeiramente para você trabalhar seu autoconhecimento para que possa enxergar as coisas de uma forma mais sensata e assim possa evoluir em sua vida, principalmente na profissional que é tão essencial na fase adulta.

Além disso, você também se torna capaz de entender as pessoas que te rodeiam e assim pode usar a inteligência emocional para ter um convívio mais harmonioso.

Saiba também que você pode usar esse conhecimento na sua empresa para fazer o recrutamento e seleção de candidatos e selecionar os mais indicados para determinados cargos.

Para isso você pode submeter os candidatos a um teste de temperamento.

O que são testes de temperamento?

Os testes de temperamento têm como objetivo revelar o temperamento do candidato.

Assim o recrutador pode avaliar se ele terá um bom desempenho na função que está se candidatando.

Todos os testes foram baseados na teoria dos quatro temperamentos, sofrendo variações conforme o pensamento do autor.

Um desses testes é o DISC que define se a pessoa tem uma personalidade Dominante, Influenciadora, Estável ou Condescendente.

Esses perfis podem ser relacionados aos quatro temperamentos de Hipócrates, sendo que o dominante seria o colérico, e o fleumático seria o estável, o sanguíneo o influente e o condescendente o melancólico.

Esse teste foi criado por William Mouton Marston que foi um psicólogo que escreveu o livro “As Emoções das Pessoas”, onde criou a metodologia para que as pessoas se conhecessem melhor e também levar tornar os direitos de trabalho do homem e da mulher mais igualitários.

Também existem outros tipos de testes como o Social Style, Fifth Temperaments, Interaction Styles, Kersey Temperament Sorter.

Os comportamentos apontados nos testes possuem elementos positivos e negativos.

Os testes são úteis para compreender melhor a si mesmo e os colaboradores.

Mas não deve ser usado para julgar ninguém, e sim apenas interagir melhor com os colegas de trabalho e subordinados.

Além disso, você se torna capaz de otimizar sua performance em liderança e outras áreas de seu trabalho.

Algo importante de saber é que se identificar com um tipo de comportamento não é um fator limitante, pois você pode a partir desse conhecimento pode se desenvolver e enfrentar seus maiores desafios.

Quais os benefícios dos testes de temperamento dentro da empresa?

Ao identificar o temperamento de colaboradores e candidatos é possível alcançar vários benefícios na empresa.

Vamos conhecê-los.

Encaixar talentos em funções satisfatórias

Por meio desses testes você pode identificar no momento da entrevista de emprego quais talentos se dão melhor com os cargos oferecidos.

Isso torna a adaptação mais tranquila e reduz a taxa de turnover.

Formar times equilibrados

Outro ponto importante é que você pode selecionar temperamentos de colaboradores que se complementam.

Assim conseguirá formar times equilibrados e que trabalhem bem entre si.
Isso ajudará a aumentar a produtividade e a eficiência do time, além de melhorar o ambiente de trabalho.

Desenvolver líderes e colaboradores

Por meio do teste de temperamento também é possível desenvolver líderes e colaboradores.

Pois o gestor conhecendo bem a si mesmo e seus subordinados pode entender a melhor forma de motivá-los.

Dessa forma você como líder pode não só se desenvolver profissionalmente como ajudar sua equipe a crescer também.

Solucionar conflitos

Ao conhecer seu próprio temperamento e de sua equipe é possível gerenciar os conflitos da melhor maneira.

Pois o líder será capaz de compreender o problema e propor soluções levando em conta os diferentes pontos de vista.

Mas para isso é necessário usar a inteligência emocional.

 

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Como lidar com os tipos de temperamento por meio da inteligência emocional?

A inteligência emocional pode ser uma forte aliada para melhorar sua qualidade de vida no seu trabalho e sua interação com colegas de trabalho e colaboradores.

José Marques, especialista em Desenvolvimento Humano dá dicas valiosas sobre esse tema.

Ele fala que o primeiro passo é conhecer seus sentimentos e emoções. Pois assim é possível desenvolver o autocontrole emocional.

Diariamente somos colocados em situações estressantes. Lembra-se da última vez que teve um conflito com um colaborador ou colega de trabalho?

É uma situação chata e que pode ser evitada por meio da inteligência emocional.

Por isso é necessário conhecer os sentimentos despertados nessas situações.

Analise-se a si mesmo e que emoções são despertadas em situações difíceis.

Ficou muito bravo com um subordinado que não conseguiu bater suas metas?

Sentiu-se frustrado por não ser capaz de fechar um negócio?

São sentimentos comuns e que se não forem bem trabalhados podem resultar em brigas ou perda da produtividade.

Assim sempre que estiver em uma situação de conflito é importante ter conhecimento dos seus sentimentos e fazer uma análise de como lidar com eles para se controlar.

Mas isso não quer dizer que você tem que suprimir seus sentimentos, mas dosá-los de forma controlada.

José Marques também fala sobre desenvolvermos a empatia e se colocar no lugar das outras pessoas para que possa se comunicar melhor e respeitar a cada um, não importa se são colegas de trabalho ou subordinados.

Dessa forma é possível diminuir os conflitos e colaborar uns com os outros.

Pense em como a pessoa está se sentindo nessa situação e veja como é possível ajudá-la.

Além disso, em situações estressantes podemos nos sentir desmotivados e deixarmos as emoções negativas nos dominar.

Como um sentimento de frustração que não vai embora.

No entanto, é importante saber se motivar para conseguir alcançar os objetivos da rotina de trabalho.

Por isso não deixe que um negócio que não deu certo te afete, analise o que você foi capaz de fazer até o momento e pense apenas em tentar novamente.

Dessa forma você evita que os sentimentos negativos te dominem e atrapalhem seu crescimento profissional.

Agora é com você!

Como você viu, os tipos de temperamento são características que definem o comportamento de um indivíduo.

Em uma empresa é importante conhecer os temperamentos para solucionar problemas e direcionar candidatos para trabalharem em vagas competentes à sua maneira de ser e habilidades.

São 4 tipos principais de temperamento:

  • colérico;
  • fleumático;
  • sanguíneo;
  • melancólico.

 

Cada tipo de temperamento possui pontos fortes e fracos que necessitam ser trabalhados para melhorarem sua performance assim como a interação com colegas de trabalho e gestores.

É possível conhecer os temperamentos por meio de testes de temperamento como o DISC.

Esses testes ajudam o gestor não só a descobrir o temperamento de sua equipe como também ter autoconhecimento sobre sua forma de ser.

Assim você pode usar a Inteligência emocional e aprender a controlar suas emoções e obter benefícios como encaixar os talentos de forma satisfatória, solucionar conflitos, formar times equilibrados e ajudar no desenvolvimento de seus colaboradores assim como seu próprio.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook

Não vá embora! Veja nossos Artigos mais Recentes:

O que podemos fazer
para melhorar sua gestão?

Clique no botão abaixo que teremos o prazer em ajudá-lo.