10 Principais Tipos de Talentos Para Ter em Sua Equipe!

Conhecer os tipos de talentos existentes irá ajudar você a identificar suas tendências naturais, o que facilita na busca do seu autodesenvolvimento, movendo você na direção daquilo que lhe faz bem.

Talento é um termo que você ouve cogitado em vários contextos. Ele é usado constantemente em referência a celebridades, como por exemplo no mundo dos espetáculos, atletas excepcionais e artistas de sucesso.

Mas, embora a palavra seja comum, o conceito permanece impreciso. Falta substância, especificidade. Talvez isso seja parte da razão pela qual muitas pessoas têm dificuldade em aplicar uma definição pessoalmente.

Conhecer, examinar e refinar com cuidado os tipos de talentos existentes ajuda você a identificá-los em  si mesmo e nos outros, a fim de aproveitá-los ao máximo na sua vida.

O que é que, por exemplo, distingue o talento de conceitos relacionados, mas muito diferentes, como competência ou estilo?

Uma definição de talento sugere ser qualquer habilidade ou poder natural. O talento reflete como você está conectado. Isso é o que diferencia o conceito do conhecimento ou das habilidades.

Talento dita suas reações momento a momento ao seu ambiente. Ele resulta em padrões consistentemente recorrentes de pensamento ou comportamento. Desviar-se desses padrões exige esforço consciente, e esses desvios são difíceis de sustentar.

Conhecimento e habilidades, por outro lado, implicam o comportamento aprendido, ações que requerem um processamento cognitivo mais ativo. O que você sabe revela mais sobre suas experiências e educação do que sobre quem você é.

O comportamento derivado de conhecimentos e habilidades pode ser mudado muito mais facilmente do que o comportamento baseado em talentos, à medida que novas informações são subordinadas à consciência do indivíduo.

O talento não pode ser subordinado. É constante e duradouro. Compreender a diferença entre as duas fontes de comportamento muda tudo.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Buscando Seu Talento Natural

Tomando por exemplo um orador talentoso, com estudo e treinamento você pode replicar as mecânicas individuais que ele utiliza, como sua cadência, sua dicção, o fato de que ele mantém contato visual com o público.

Mas há uma qualidade abrangente que não pode ser ensinada. Se você ouvir com atenção um palestrante verdadeiramente talentoso, perceberá que nenhum aspecto dessa mecânica surge de forma perceptível, porque todos eles estão atuando perfeitamente em conjunto, de forma natural.

Todos os seminários e livros de autoajuda do mundo não podem colocar a maioria dos oradores no mesmo patamar de um orador talentoso por natureza, quando se trata de capturar uma audiência.

No entanto, muitas pessoas gastam tempo e recursos consideráveis ​​tentando atingir um nível mínimo de competência em áreas onde não possuem determinados tipos de talentos.

Isso não é um equívoco por si só. O autoaperfeiçoamento pode ser uma meta admirável mesmo quando o talento não é um fator. Mas concentrar-se em atividades para as quais seu potencial é limitado, excluindo aquelas para as quais você não tem limites, é um desperdício de talento e contraproducente.

Muitas pessoas pensam que, quanto mais diversificarem sua base de conhecimentos e habilidades, mais seguro seu futuro se tornará. Pesquisas confirmam que o oposto é mais provável de ocorrer: quanto mais tempo e esforço gastam em áreas de não-talento, menos oportunidade terão de utilizar e refinar seus talentos naturais.

As pessoas de sucesso alcançam a grandeza examinando cuidadosamente o que possuem. Aquelas características que os distinguem dos outros, aquelas habilidades que são mais naturais para elas.

Seu sucesso normalmente decorre de sua apreciação dos seus tipos de talentos e de sua compreensão de como usá-los com a maior frequência e eficácia possível.

Diferença Entre Talentos e Habilidades

Vamos examinar algumas definições de talentos.

Um talento é:

  • “um dom ou habilidade natural de qualidade superior”;
  • “uma habilidade inata marcada, como para a realização artística: ter um talento raro para música”;
  • “uma habilidade inata, aptidão ou faculdade, capacidade acima da média: por exemplo um talento para cozinhar ”
  • “uma habilidade natural especial ou aptidão: por exemplo um talento para desenhar.

 

 

Quando você olha para essas definições, a primeira coisa que você percebe sobre talento é que o talento é natural. Você já nasce com um ou mais tipos de talentos. Seu talento vem do seu design. Isso distingue o talento do conhecimento ou habilidades que são aprendidas e desenvolvidas com o tempo e o esforço.

Outros definem talento como sendo “um padrão naturalmente recorrente de pensamento, sentimento ou comportamento que pode ser aplicado de forma produtiva”.

A diferença entre talentos e habilidades é um dos maiores conceitos incompreendidos para pessoas que estão tentando se sobressair, que têm sonhos, que querem fazer coisas. Talento você tem naturalmente. A habilidade é desenvolvida com muitas horas de esforço e dedicação.

Nosso conhecimento e habilidades vêm de nossas experiências e educação. Ao contrário dos talentos, essas características não fazem parte de quem somos.

Concentre-se em seus talentos. Identifique seus tipos de talentos e construa conhecimento e habilidades em torno deles. É muito mais fácil desenvolver seu talento em uma força do que tentar trabalhar em áreas nas quais você não tem aptidões naturais.

Cerque-se de pessoas talentosas em áreas que você não possui domínio, observando, aprendendo e buscando o aperfeiçoamento para fechar suas lacunas de conhecimento.

Tipos de Talentos

Talento é um termo para descrever aptidões naturalmente excepcionais. As empresas valorizam muito, de modo que consideram um colaborador que possui capacidades incomuns como uma vantagem competitiva.

Uma pessoa talentosa possui naturalmente capacidades acima da média, sem precisar de muito esforço, gerando valor significativo. A seguir, conheça alguns tipos de talentos mais valorizados.

Criatividade

É a capacidade de transcender o pensamento óbvio, estático ou repetitivo para criar novas ideias. Pode aplicar-se a qualquer área do pensamento humano, incluindo estratégia, criação de valor, tomada de decisão, resolução de problemas, atividades artísticas e interação social.

Tomada de decisão

A tomada de decisão é o processo de escolher um curso de ação. A pessoa com esse talento natural pode maximizar sua capacidade utilizando técnicas comuns e processos de pensamento para definir o melhor caminho.

Influência

Influenciar é o uso da comunicação para impactar as ideias, emoções, motivação e ações dos outros. É uma habilidade social fundamental que ocorre nos relacionamentos pessoais.

É também um dos tipos de talentos muito aplicado à política, negócios e mudança social que pode ser usado para transmitir conhecimento, influenciar escolhas e motivar grupos e indivíduos para uma determinada ação.

Liderança

É a arte de fazer com que as pessoas se movam na mesma direção com um objetivo e metas comuns. É um papel social fundamental que surge naturalmente em qualquer grupo.

Falar em público

É a entrega de um discurso para uma audiência, a fim de informar, persuadir e / ou entreter. É um talento para poucos e é mais frequentemente dominado através da experiência e entusiasmo para comunicar ideias. A seguir estão as técnicas e considerações comuns de falar em público.

Esse é um dos tipos de talentos que pode ser desenvolvido utilizando técnicas, como:

  • Silêncio ativo
  • Analogia
  • Antecipação de objeções
  • Chamada de ação
  • Autoridade carismática
  • Comunicação
  • Sinalização
  • Humor
  • Contato visual
  • Linguagem simples
  • Prova social
  • Narrativa

 

Autogestão

A autogestão é a capacidade de planejar, direcionar e controlar seus próprios esforços. Isso implica uma capacidade de obter objetivos em um ambiente restrito e competitivo sem que ninguém o encaminhe ou o guie.

O autogerenciamento também pode ser visto em termos de melhoria de suas habilidades, desempenho e caráter.

Pensamento estratégico

É a capacidade de atingir objetivos em um ambiente restrito e competitivo. O indivíduo que possui esse talento, também possui aptidões em processos fundamentais de pensamento, como criatividade, lógica e cálculo e geralmente busca ampliar essa capacidade aprendendo técnicas específicas de desenvolvimento de estratégias.

O pensamento estratégico lida com complexidades como mercados, comportamento humano, mudanças rápidas e incertezas que podem exigir uma compreensão firme de matemática, história, cultura, sociedade, tecnologia e economia.

Resiliência

Resiliência pessoal é a capacidade de permanecer produtivo e positivo quando confrontado com o estresse, a incerteza e a mudança. Está relacionado à personalidade, mas pode ser aprendido e aprimorado ao longo do tempo. Alguns exemplos de resiliência pessoal podem ser:

  • Otimismo: procurando os aspectos positivos dos problemas. Por exemplo, a ideia de que um problema geralmente provoca melhorias ou talvez grandes avanços.
  • Tolerância ao desacordo: participar de discussões e lutas políticas sem se tornar excessivamente emocional.
  • Resistência: lidar com injustiça, rejeição e crítica de alguma forma razoável.
  • Persistência: encontrar um caminho através de um grande número de problemas e falhas para alcançar um objetivo.
  • Visão: a capacidade de ver problemas em contexto, de modo que você não se preocupe muito com problemas que parecem grandes agora, mas que podem ser sem sentido para o quadro geral.
  • Indiferença: seu humor e comportamento não são facilmente alterados pelos outros. Isso não implica necessariamente que você seja uma pessoa fria, distante e sem emoção. Em vez disso, você não é facilmente atraído pela negatividade de outras pessoas.
  • Tolerância para ambiguidades: tomar decisões e seguir em frente em um ambiente incerto.
  • Agente de mudança: fazendo a mudança ao invés de temer.

 

Autodireção

É a tendência natural para agir sem que seja necessário alguém dizer o que fazer. É considerada uma aptidão básica para qualquer futura posição de liderança. Também está associado à produtividade, pesquisa, criatividade e tomada de decisão.

Contar histórias

É a arte de tornar a comunicação interessante e memorável. Qualquer informação comercial pode ser envolvida em uma história incluindo sua identidade, propostas, metas, estratégia, planos, história, cultura, proposta de valor, riscos e problemas.

Histórias de negócios podem ser construídas por meio do enquadramento de informações factuais ou podem incluir elementos fictícios, como humor, conhecimento, exemplos ilustrativos e experimentos mentais. A seguir estão as técnicas comuns de narrativa.

O indivíduo que possui como um de seus tipos de talentos a facilidade de contar histórias, provavelmente também possui desenvolvidas outras aptidões, como:

  • Analogia
  • Humor
  • Linguagem figurativa
  • Improvisação
  • Metáfora
  • Personificação
  • Enredo
  • Sátira
  • Experiência de Pensamento
  • Sagacidade

 

Desenvolva Seus Talentos

O esforço e a dedicação muitas vezes superam o talento. Especialmente se esse talento não for desenvolvido em todo o seu potencial e equipado com as técnicas certas que podem levar um indivíduo de amador a profissional.

Existem pessoas que são autodidatas e conseguem ampliar com sucesso seus vários tipos de talentos sem qualquer orientação. Por outro lado, ser autodidata já é um talento por si só.

Mas para a maioria das pessoas, ter o talento puro não é suficiente. Você tem que investir no seu crescimento e procurar aprender com aqueles que caminharam por um caminho semelhante àquele que você busca.

Então, se você é uma pessoa talentosa, não importando quais sejam os tipos de talentos que você possui, conheça alguns caminhos que podem elevar seus talentos naturais ao seu pleno potencial.

Questione-se

Por que você faz o que faz? Qual é o seu propósito? Por que você canta? Por que você age assim? Por que você escreve? Por que você faz as pessoas rirem? Ou, ao contrário, por que você não faz o que realmente gosta?

Dedicar tempo para responder a essas perguntas, estabelecerá uma base sólida para você desenvolver sua busca por crescimento e melhoria. O que você precisa procurar é a sua motivação intrínseca.

Descubra as técnicas necessárias

A partir do momento que você identificou seus talentos, descubra o que você precisa aprender para levá-los ao próximo nível. Quais são as técnicas necessárias que lhe permitirão melhorar seu desempenho? Faça alguma pesquisa sobre as suas aptidões.

Digamos que seu talento seja para lidar com pessoas. Para você, fazer amigos é muito fácil e as pessoas gostam de estar na sua companhia. Provavelmente você teria grandes chances de sucesso em funções como relações públicas, interação com clientes, trabalho em equipe, recursos humanos, entre outros.

Invista no seu talento. Busque por cursos, seminários ou palestras, para desenvolver, por exemplo, melhores técnicas de comunicação e relacionamento interpessoal. Você estará investindo para melhorar algo que já é seu, podendo transformar o seu dom natural em profissão.

Crie sua própria fórmula

“Aprenda as regras como um profissional, para que você possa quebrá-las como um artista”. Pablo Picasso

Quando você passa algum tempo aprendendo habilidades e técnicas para o seu trabalho, depois de um tempo você chega à conclusão de que não precisa de todas.

É aí que você começa a montar seu próprio sistema para obter resultados e filtrar o que funciona para você. Podemos ter talentos semelhantes, mas cada pessoa tem um toque especial que torna seu trabalho único.

Busque conselhos, mas não permissão

Muitas vezes, mesmo quando alcançamos a capacidade de caminharmos sozinhos, ainda sentimos necessidade de recorrer a nossos mentores em busca de conselhos ou feedback.

Isso é perfeitamente normal. O ser humano tem necessidade de aprovação, mas pedir permissão para fazer o que você quer fazer, nunca deve ser o caso.

Sempre que tiver certeza de que você tem o que é preciso para fazer, siga em frente. Não espere pela opinião de ninguém. A única permissão que você precisa é sua. Apenas vá.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Ebook Gratuito!

Descubra como fazer um Roteiro de Entrevista com as 20 Perguntas Indispensáveis para você aplicar!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba o ebook agora mesmo, de forma gratuita.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.