Mulheres na liderança: Por que a liderança feminina é tão importante?

O público diz que as mulheres são igualmente qualificadas para ocupar cargos de liderança, mas as barreiras persistem.

De acordo com a maioria, as mulheres são tão capazes de ser boas líderes políticas quanto os homens. O mesmo pode ser dito sobre sua capacidade de dominar uma diretoria corporativa.

E de acordo com pesquisas sobre mulheres e liderança, a maioria considera as mulheres indistinguíveis dos homens em traços de liderança importantes, como inteligência e capacidade de inovação, com muitos afirmando que são mais fortes do que os homens em termos de serem líderes compassivos e organizados.

Então, por que há escassez de mulheres no topo da administração pública e privada?

Pelo menos até onde as pesquisas mostram, não é que lhes falte resistência, talento de gestão ou conjuntos de habilidades adequados.

Também não se trata apenas de equilíbrio entre vida pessoal e profissional, apesar de que as interrupções relacionadas à maternidade podem dificultar o avanço das mulheres em suas carreiras e competir por cargos executivos de alto escalão.

A necessidade de mais líderes femininas nunca foi tão crítica, e há um catálogo interminável de dados para apoiar essa afirmação.

As empresas que possuem uma maior representação de mulheres em seus conselhos, notavelmente superam a organização que não o faz.

Além disso, os estudos também destacaram que as empresas com maior diversidade de gênero, não apenas dentro de sua força de trabalho, mas diretamente entre os líderes seniores, são significativamente mais lucrativas.

Nas últimas décadas, tem havido apelos por uma maior igualdade de gênero, ao mesmo tempo que se reforça a necessidade de eliminar a disparidade salarial e, embora grandes avanços tenham sido feitos nesse aspecto, ainda há uma carência fundamental de mulheres em cargos de liderança.

As organizações têm a responsabilidade de criar melhores políticas e oportunidades para as mulheres.

Ainda assim, ao mesmo tempo, as mulheres também precisam de apoio para dar um passo à frente e superar os hábitos que as impedem de seguir adiante em suas carreiras.

Por que a liderança feminina é tão importante?

De acordo com pesquisas, a maior diversidade de gênero na equipe executiva sênior correspondeu à maior elevação de desempenho em seu conjunto de dados.

Para cada 10% de aumento na diversidade de gênero, o lucro cresceu 3,5%.

A partir desses dados, podemos concluir que as mulheres líderes têm um impacto importante e mensurável nos resultados financeiros de uma organização.

Quando as mulheres se tornam líderes, elas fornecem um conjunto diferente de habilidades, perspectivas imaginativas e, o que é mais importante, diferenças estruturais e culturais que conduzem a soluções eficazes.

Ao trazer um ponto de vista criativo, um novo senso de consciência também seguirá captando detalhes mais sutis que podem passar despercebidos.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Quais são os principais desafios para as líderes femininas?

O cenário de trabalho está mudando e o mundo dos negócios não é mais apenas um jogo masculino.

No entanto, desde as líderes femininas mais experientes, que avançaram muito antes deste debate, até as jovens talentosas que buscam causar um impacto sério, ainda há desafios no caminho.

O primeiro e mais óbvio desafio é que a maioria das pessoas na sala são homens, mas por outro lado, isso cria uma oportunidade para as mulheres se destacarem e causarem uma impressão duradoura desde o início.

Frequentemente, com uma função de tempo integral, juntamente com o estresse adicional de criar sua própria família, pode ser difícil conciliar o trabalho com a vida pessoal.

No entanto, se a pandemia nos ensinou alguma coisa, foi como criar um equilíbrio saudável entre a vida pessoal e profissional.

As mulheres muitas vezes podem ser percebidas como mais emocionais e menos decisivas do que os homens, mas elas trazem experiências físicas, mentais e emocionais mais diversas para as atividades do dia a dia.

9 razões pelas quais precisamos de mais mulheres em funções de liderança no local de trabalho

No mundo de hoje, as mulheres nem sempre colocam em prática todo o seu potencial e, uma vez que isso aconteça, têm um caminho direto para o sucesso.

Quando elas se encontram em um papel de liderança, suas capacidades e habilidades são inegáveis.

No entanto, apenas afirmar isso é simples, o que estabelece a necessidade de apresentar os vários benefícios que as mulheres podem trazer para funções de liderança.

1 – Mulheres líderes no futuro

Em 2019, a proporção de mulheres em cargos de alta gerência globalmente cresceu para 29%, o maior número já registrado. Em 2020, esse percentual permaneceu o mesmo.

Embora isso possa ser considerado uma notícia positiva, as mulheres que acabam de entrar no mercado de trabalho precisarão ser inspiradas por outras que estão atualmente desempenhando seu papel como líderes.

Esse fato pode definir uma direção para todas as jovens aspirantes a líderes, aumentando a porcentagem global e quebrando novos recordes.

2 – Ideias únicas serão trazidas à frente

Uma meta-análise comparando líderes masculinos e femininos identificou que as líderes femininas são mais transformacionais.

Elas demonstraram comportamento de recompensa mais contingente do que as ações bidimensionais – gerenciamento ativo e passivo, apresentadas pela liderança masculina.

3 – O aprimoramento do trabalho em equipe

Não há dúvida de que todos nós vimos mulheres demonstrarem paixão, entusiasmo e capacidade de assumir o comando de uma situação quando.

As mulheres são capazes de tomar decisões ousadas e sábias como líderes, ajudando a tornar o ambiente da equipe menos autoritário e mais cooperativo, trazendo uma sensação de família.

Isso estimula o trabalho em equipe em toda a organização e ajuda a implementar uma nova cultura dentro da empresa.

4 – A comunicação em toda a empresa pode ser aprimorada

A comunicação é considerada uma das habilidades mais fortes de uma mulher.

As líderes femininas utilizarão esse poder para aprimorar conversas significativas com empregadores, colegas de trabalho e parceiros, criando assim um fluxo de comunicação aberto que cria um senso de clareza.

5 – Melhor resultado financeiro

Em um local de trabalho mais diversificado, as ideias criativas mais prováveis serão apresentadas. Isso ajuda a impulsionar o crescimento e a criar mais sustentabilidade dentro de uma organização.

A diversidade no local de trabalho não deve priorizar apenas as mulheres, mas, em vez disso, ter uma combinação fluida de ambos os sexos em toda a organização.

A diversidade de gênero no local de trabalho ajuda a aumentar a produtividade, criatividade, melhora o desempenho, retenção de pessoal e aumenta a colaboração em toda a empresa.

Em um estudo sobre o local de trabalho, 21% das empresas têm mais probabilidade de obter lucratividade acima da média se a força de trabalho tiver gênero diversificado.

6 – Novas perspectivas

Descrevemos a necessidade de construir uma força de trabalho diversificada e, com isso, surgirão novas experiências e perspectivas que, em última análise, contribuem para trazer algumas inovações muito necessárias para os negócios.

As mulheres líderes trarão habilidades, perspectivas diferentes e ideias inovadoras e esses três itens combinados ajudarão a criar novos pontos de vista, levando a uma melhor tomada de decisão como um todo para a empresa.

7 – Mulheres líderes podem fornecer melhor orientação

Especialmente para a geração mais jovem, o poder dos modelos de comportamento não pode ser esquecido.

Independentemente do gênero, todas as pessoas precisam de alguém que as oriente para progredir em suas carreiras.

Especificamente, para orientar e treinar jovens talentos, as mulheres líderes são melhores mentoras do que os homens.

De acordo com um estudo, 29% das mulheres acreditam que seu gênero será um obstáculo para o avanço.

Para superar esse obstáculo, as mulheres em posições de liderança podem fortalecer as mentes jovens e brilhantes da próxima geração.

8 – A capacidade de atuar em várias frentes

Na vida de uma mulher, exercer diferentes funções é muitas vezes uma ocorrência comum.

Você pode encontrá-las frequentemente equilibrando carreiras, famílias e assumindo a responsabilidade pelo cuidado dos pais, juntamente com muitas outras experiências.

Estas combinações ajudam mulheres líderes a se ajustarem rapidamente a novas situações e se concentrarem em encontrar soluções para problemas no local de trabalho.

9 – Mulheres em funções de liderança podem eliminar a disparidade salarial de gênero

Algo que muitas vezes pode ser esquecido é que a disparidade salarial de gênero pode ser transformada em uma disparidade de oportunidades de gênero.

Sabe-se que, quando homens e mulheres começam suas carreiras do zero, geralmente são oferecidas aos homens mais oportunidades que levam a posições de melhor remuneração.

No entanto, empregar mais mulheres em funções de liderança pode não apenas fornecer os benefícios que já listamos, mas também ajudar a atingir uma meta mais ampla, diminuindo a disparidade salarial.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Mulheres na liderança pelo mundo

A mudança está vindo lentamente.

O número total de mulheres nas principais funções de negócios ainda é dolorosamente baixo, mas há motivos para otimismo.

Conforme estudos, a classificação da América corporativa é muito inferior à da França, por exemplo, onde as empresas têm em média mais de 40% de representação feminina em um conselho de administração.

A diversidade na liderança é boa para os negócios. Por exemplo, um relatório da Harvard Business School sobre a indústria de capital de risco dominada por homens descobriu que “quanto mais semelhantes os parceiros de investimento, menor o desempenho de seus investimentos”.

Na verdade, as empresas que aumentaram sua proporção de contratações de parceiras do sexo feminino em 10% tiveram, em média, um aumento de 1,5% nos retornos gerais do fundo a cada ano e tiveram saídas 9,7% mais lucrativas.

Isto significa que, de várias formas, mulheres na liderança geram riqueza.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on facebook

Não vá embora! Veja nossos Artigos mais Recentes:

O que podemos fazer
para melhorar sua gestão?

Clique no botão abaixo que teremos o prazer em ajudá-lo.