Entrevista de Emprego: Como Contratar Um Funcionário

Você sabia que o momento da entrevista de emprego é o mais importante para você contratar profissionais para a sua empresa?

Neste artigo vamos aprender dicas para realizar uma entrevista de emprego de sucesso. Boa leitura!

 

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Planejamento de Recrutamento e Seleção

O recrutamento é a forma de atrair candidatos para vagas disponíveis na sua empresa. Esse processo precisa ser feito de uma forma assertiva no momento que você divulga a vaga em meios de comunicação.

Por exemplo, a rede social da sua empresa como o site, edital ou profissionais da área que possam fazer indicações.

O recrutamento pode ser de três tipos: interno, externo e misto.

O recrutamento interno é aquele em que os próprios colaboradores da empresa se candidatam e participam do processo seletivo.

A principal vantagem desse tipo é que os colaboradores terão uma nova oportunidade dentro dessa mesma empresa.

Os colaboradores já estão familiarizados com a cultura da organização e engajados com o propósito e ambição da empresa, participando de uma nova oportunidade até mesmo de liderança, sentindo-se mais valorizados.

O recrutamento externo é aquele que busca profissionais fora da empresa, para ocupar as vagas disponíveis.

Esse modelo de seleção é importante para trazer novas ideias, porque o profissional que está chegando geralmente traz consigo inovação, competitividade e principalmente.

O recrutamento misto é o modelo em que a seleção é realizada de forma externa e interna ao mesmo tempo.

A vaga é disponibilizada primeiro dentro da empresa e, não havendo um candidato selecionado internamente, a empresa parte para o recrutamento externo, ou seja, selecionando candidatos de fora da organização.

Antes de iniciar o processo seletivo, é importante avaliar e definir de que forma será o recrutamento.

O que é a seleção?

É o processo em que será escolhido o candidato adequado de acordo com o perfil do cargo, geralmente através de uma entrevista de emprego.

Para saber o perfil desse cargo, é necessário definir suas competências, formando um barema para utilizar durante o processo seletivo, evitando avaliações subjetivas. Dessa forma você irá selecionar o candidato certo para a vaga certa.

Pode-se levar em conta três valores para mapear as competências, que são:

  • Habilidade
  • Conhecimento
  • Comportamento

 

A habilidade é o que se traduz da experiência obtida para desempenhar o cargo/tarefa na empresa.

O conhecimento é o domínio técnico essencial para exercer determinado cargo.

E o comportamento é como são utilizadas emoções e o relacionamento com as demais pessoas dentro da empresa.

Liderança, relacionamento interpessoal, inovação, criatividade, são competências que podem ser requeridas de um determinado cargo. Se, por exemplo, o cargo não for de gestor, a competência liderança não será um requisito essencial.

Então faça uma análise do que é realmente necessário como competência para exercer aquela função.

Etapas do processo de seleção

O processo de seleção pode ser dividido em etapas, como análise de currículos, testes e entrevista de emprego.

Na análise de currículo você vai decidir quais pessoas irão participar do processo seletivo.

Testes podem ser aplicados ou não, de acordo com a vaga em questão.

A entrevista de emprego é a etapa final, onde há o encontro presencial com o candidato e a utilização do barema de competências.

Existem outras formas de avaliar dentro de um processo seletivo na sua empresa, como dinâmicas de grupo, discussão de cases, apresentação de painéis, mas isso irá depender do perfil da organização e da vaga disponível.

Em uma entrevista por competências você irá solicitar que o candidato responda através de experiências vivenciadas por ele.

Por exemplo:

“Relate uma situação que você precisou resolver o problema de um cliente e qual foi o resultado.”

“Relate uma situação que você precisou liderar um projeto e qual foi o resultado. “

A partir das respostas, você irá analisar e verificar qual o candidato que é mais adequado ao perfil da sua vaga.

O sucesso de uma entrevista de emprego não depende só do candidato, mas também de você, de um planejamento para a sua entrevista.

Conheça 10 dicas infalíveis para você ser assertivo no momento da seleção

Dica 01

Planeje-se! Marque dia, horário e esteja disponível para receber os candidatos no horário agendado.

É provável que os candidatos cheguem a uma entrevista no horário, porque desejam causar uma boa primeira impressão.

Se você deixá-los esperando, pode parecer que você não considera a entrevista importante e afetar o desempenho do candidato.

Dica 02

Defina um local para realização das entrevistas. Cuide para que o local seja apropriado para uma conversa profissional e sem interrupções.

Dica 03

Antes, leia o currículo com atenção e anote as suas dúvidas ou curiosidades.

A maioria dos candidatos vem bem preparados para a entrevista, e você deve fazer o mesmo. Se você não está preparado, passa a mensagem de que não tem interesse ou que a própria empresa é desorganizada.

Se você nem mesmo gastou alguns minutos descobrindo o que está no currículo de um candidato antes da entrevista, você corre o risco de fazer perguntas irrelevantes, deixando os candidatos menos do que impressionados.

A avaliação do currículo deve ser feita meticulosamente para evitar desperdício de tempo e recursos.

Dica 04

Seja objetivo e cordial. Deixe o candidato à vontade, mas sem se alongar muito.

Dica 05

Apresente o cargo. Fale sobre as atribuições, benefícios, salário, carga horária. É importante que o candidato saiba tudo sobre o cargo, deixando todas as informações bem transparentes.

Dica 06

Comece com perguntas que quebrem o gelo, depois parta para perguntas técnicas e por fim, faça perguntas sobre o comportamento.

Você pode querer alongar a entrevista para conhecer melhor o candidato, mas é importante limitar-se às questões relacionadas ao emprego. Esse não é o momento de fazer novas amizades.

Tenha cautela ao formular seu questionário. É ofensivo fazer perguntas a um candidato, como “Quantos anos você tem?”.

Perguntar sobre suas afiliações religiosas, convicções políticas ou preferências de estilo de vida pode ser até ilegal.

A conversa deve ser focada na função e na capacidade do candidato para ocupá-la.

Dica 07

Faça anotações durante toda a entrevista. Não confie que sua memória irá lembrar de tudo.

Dica 08

Utilize um barema para avaliar as competências da vaga. Com isso você conseguirá ser mais objetivo.

Dica 09

Deixe o candidato à vontade para perguntar sobre alguma dúvida em relação à vaga ou à empresa.

Dica 10

Ao finalizar, informe quando será o resultado do processo seletivo e de que forma os candidatos serão avisados, cumprindo o planejado.

Para uma entrevista de sucesso, esteja preparado! Utilize a tecnologia a seu favor e pesquise sobre os candidatos nas redes sociais, antecedentes, referência de trabalho anteriores, ou seja, utilize todas as informações possíveis para uma melhor tomada de decisão.

Não cometa estes erros ao entrevistar um candidato

Você domina a discussão

O candidato deve falar mais durante a entrevista. Não entre em um monólogo que continua indefinidamente.

Deixe que os comentários do candidato desencadeiem sua próxima pergunta para que você possa obter informações valiosas que perderia por falar demais. Faça perguntas claras que exijam respostas detalhadas.

Não interrompa e dê tempo ao candidato para formular uma resposta. Quando os candidatos falam, você pode observar como eles respondem às perguntas, prestar atenção à sua linguagem corporal, avaliar suas tendências naturais, conhecer suas experiências e registrar suas respostas.

Também é um erro ficar quieto demais, porque os candidatos podem interpretar como falta de interesse nas respostas.

Você não consegue ouvir

Em situações de entrevista, você deve fazer perguntas abertas, ouvir a resposta, fazer uma pergunta de acompanhamento, ouvir a resposta e repetir o processo.

Os candidatos provavelmente passaram muito tempo se preparando para uma entrevista e eles merecem ser ouvidos. Quando você ouve o que é dito, é provável que suas decisões de contratação melhorem.

Você faz perguntas incoerentes

Se quiser comparar candidatos, você precisa ter um conjunto básico das melhores perguntas.

Se você for inconsistente, não poderá comparar as respostas. Entrevistadores habilidosos tendem a seguir um método, com variações adaptadas às situações específicas.

Uma lista de perguntas geralmente é agrupada em torno de experiência, aptidão e habilidades interpessoais.

Quaisquer perguntas que sejam excessivamente complicadas ou retóricas devem ser evitadas.

Você desconsidera o aspecto humano

Empatia é uma habilidade crítica ao conduzir uma entrevista. Os candidatos nunca devem ser tratados como um recurso.

Existe um equilíbrio entre ser excessivamente amigável e ser completamente impessoal.

É importante mostrar que você tem um interesse genuíno por eles e respeita suas qualificações, em vez de fazer com que se sintam envolvidos em algum procedimento frio e impessoal.

Você perde detalhes importantes

Quando os candidatos dão respostas não específicas e genéricas, você precisa ser capaz de buscar maiores informações para um entendimento completo.

Descubra exatamente como eles resolveram um problema específico, quantas pessoas eles administraram ou qual era sua função em um determinado projeto.

Fazer perguntas abertas e orientadas para a realização ajuda os candidatos a fornecer mais detalhes que comprovem sua experiência.

Isso também pode ajudar a descobrir quaisquer inconsistências ou declarações incorretas em seus currículos.

Você usa uma linguagem que os candidatos não entendem

As empresas tendem a ter seus próprios jargões. Se você usá-los em uma entrevista, os candidatos podem não saber essas siglas ou termos exclusivos da empresa.

Ao usar uma linguagem clara, você evita confusão e economiza tempo por não ter que fornecer explicações.

Você não distingue entre comportamento natural e habilidades aprendidas

As empresas buscam características como diligência, dedicação e motivação nos funcionários. A criação de uma cultura empresarial que adote essas características exige esforço e recursos.

Gerenciar uma equipe com um funcionário que não se encaixa é extremamente desafiador. Uma ética de trabalho diferente pode comprometer os resultados de toda a equipe.

A pessoa pode ser perturbadora ou distrativa para outros colaboradores. Habilidades de trabalho específicas podem ser aprendidas por meio de mentoria e treinamento, e são mais facilmente aprendidas quando um novo colaborador se integra bem com a equipe.

A motivação, que faz parte da personalidade inata, não é aprendida tão facilmente. Olhar além de um currículo e avaliar como o candidato se encaixará na cultura da organização é uma das melhores maneiras de contratar as pessoas certas.

Você está distraído

Muitas coisas podem distraí-lo durante uma entrevista, desde atender o telefone celular até pensar em um e-mail importante ou em uma reunião futura. Se você estiver distraído, o candidato pode interpretar como falta de interesse ou de organização.

Se você tem um assunto urgente que precisa atender, peça licença, faça uma pausa e volte para se dedicar totalmente mais uma vez à entrevista.

Você critica as respostas de um candidato

Como recrutador, você nem sempre aprovará uma resposta. Não é sua função corrigir a resposta ou deixar óbvio que você não concorda.

Se a resposta não ficou clara para você, pode fazer outras perguntas para esclarecer a posição do candidato.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Dicas adicionais para evitar erros comuns em uma entrevista de emprego

Suas habilidades na realização de uma entrevista irão crescer à medida que você pratica e ganha mais experiência.

Em pouco tempo, você desenvolverá as características de um bom entrevistador e será capaz de estruturar e gerenciar uma entrevista da melhor maneira possível.

Esteja sempre preparado, não apresse o processo, respeite as respostas do candidato e seja autêntico. Isso permitirá que você se torne hábil na seleção do melhor candidato para o trabalho.

Ebook Gratuito!

Descubra como fazer um Roteiro de Entrevista com as 20 Perguntas Indispensáveis para você aplicar!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba o ebook agora mesmo, de forma gratuita.