Conflito de Gerações: Como Lidar na sua Empresa?

É importante saber lidar e evitar o conflito de gerações na sua empresa, pois dessa forma o ambiente de trabalho se torna mais agradável e é possível aproveitar os conhecimentos e habilidades de todos os funcionários.

Estamos em um período inédito no mercado de trabalho, em que há diferentes gerações convivendo juntas, o que pode gerar conflitos devido ao fato dos pensamentos e perspectivas serem tão diferentes.

Para isso é preciso entender como é a visão de cada geração e criar estratégias para que todos trabalhem juntos em harmonia.

Neste post você vai entender como é a perspectiva de cada geração, os principais desafios ao lidar com conflito de gerações no mercado de trabalho e as melhores estratégias para gerenciar os conflitos na sua empresa.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que é conflito de gerações?

Trata-se de um problema provocado pelo choque entre visões de indivíduos que nasceram em épocas diferentes.

A forma com que lidam com o trabalho e a vida social são influenciados pelo ambiente em que cada um vive.

Pois as crenças das pessoas são geradas desde que nascem até os 12 anos de idade, assim tudo o que vemos e ouvimos de nossos familiares são guardados na memória.

Quando convivemos no ambiente de trabalho com pessoas de faixa etária diferentes é normal termos opiniões diferentes, afinal nossos perfis comportamentais são distintos.

No entanto, esses conflitos podem se tornar um problema se não forem bem gerenciados.

Como é a perspectiva de cada geração?

Fatos distintos ocorreram durante a história da humanidade e podemos dizer que eles ajudaram a moldar o ser humano em diferentes épocas. Vamos conhecer a maneira como cada geração pensa de acordo com o contexto em que nasceram e cresceram.

Geração Baby Boomers

Essa geração corresponde às pessoas que nasceram após a Segunda Guerra Mundial, entre os anos de 1945 e 1960. Nessa época uma grande quantidade de pessoas nasceu, por isso o nome baby boomers.

Fatos que marcaram essa geração foram os ideais de liberdade, os movimentos a favor dos homossexuais, o feminismo e os atos de resistência à censura militar.

Os profissionais dessa geração desejam alcançar a estabilidade e podem passar anos trabalhando na mesma empresa e ocupando o mesmo cargo.

Como a maioria não teve chances de cursar uma faculdade não tiveram muita liberdade de escolha na carreira e veem o trabalho como uma forma de se sustentar.

Eles demonstram lealdade e compromisso com a empresa em que trabalham e dão valor à ascensão profissional.

Geração X

Fazem parte dessa geração as pessoas nascidas entre os anos de 1961 e 1980. Elas presenciaram fatos históricos importantes e foram marcados por movimentos revolucionários.

Eles foram os primeiros a pensar que a empresa não é tudo, mas consideram que a hierarquia deve ser respeitada, apesar de ser menos rígida.

Essa geração se encontra no auge de sua carreira e deseja ter reconhecimento profissional. Assim como a geração anterior valorizam a estabilidade financeira, mas são independentes e empreendedores.

No entanto, tem como desafio aprender a lidar com a tecnologia e acompanhar as mudanças constantes dos processos.

Geração Y

As pessoas que pertencem a essa geração nasceram entre os anos de 1981 e 2000.

Desde pequenos vivenciaram uma grande revolução tecnológica, por isso não precisam ser treinados para utilizar dispositivos tecnológicos, já que desenvolvem essa habilidade antes de entrar no mercado de trabalho.

Essa geração nasceu em um período de prosperidade econômica e considera o trabalho uma fonte de satisfação e de aprendizado, buscando equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Como são informais não gostam da hierarquia rígida, pensando que a empresa deve se adaptar a eles.

Essa geração desafia a maioria dos gestores, pois deseja trabalhar por paixão e não por propósito, por isso não está preocupada com a estabilidade nem status social, desejando apenas ser feliz com o que faz.

Geração Z

Essa é a geração mais jovem no mercado de trabalho, cujas pessoas que pertencem a ela nasceram a partir do ano de 2001. Elas são extremamente ligadas à tecnologia, que é mais do que um meio de comunicação ou de trabalho, mas algo vital.

A geração Z tem muita facilidade para utilizar dispositivos tecnológicos e estão sempre online. Ela tem opinião própria e defende causas com persistência, buscando a verdade acima de tudo.

No entanto, no mercado de trabalho tem uma mentalidade imediatista e individualista, tendo dificuldades em se expressar e lidar com situações sociais, como atender telefonemas e participar de reuniões longas.

Quais os principais desafios ao lidar com conflitos de gerações?

Com mentalidades tão diferentes não é de se estranhar que haja conflitos no mercado de trabalho entre as gerações. O principal desafio é entender quais as necessidades de cada geração para evitar os conflitos e assim satisfazer a todos e manter a produtividade.

Pois cada geração tem formas distintas de ver os desafios da rotina de trabalho, por isso é necessário realizar um planejamento de carreira e benefícios pensando em agradar cada grupo.

Um exemplo é que as gerações mais antigas costumam valorizar benefícios que proporcionem estabilidade como previdência privada, convênio médico, entre outros, enquanto que as gerações mais novas podem preferir jornada de trabalho flexível e home office.

O segundo grande desafio é atender todas as expectativas, uma vez que a política de benefícios deve ser igual para todos os funcionários e que a empresa como um todo precisa reter talentos.

Quais as melhores estratégias para gerenciar o conflito de gerações?

Como você viu, cada geração tem um ponto de vista diferente, por isso é necessário realizar estratégias para conseguir atender a todas as necessidades e gerenciar o conflito de gerações.

Confira quais são essas estratégias:

Compreenda os diferentes perfis de trabalho

Primeiramente você deve entender como cada geração trabalha e o que ela valoriza e não tolera. As pessoas da geração baby boomers, por exemplo, não gostam de ser gerenciadas em detalhes, enquanto que a geração Y gostam de receber instruções específicas.

A geração baby boomers e X valorizam a hierarquia e estabilidade, enquanto que a Y e Z preferem ter mais liberdade e dão valor ao bem-estar e felicidade pessoal.

Leve em consideração os valores

O segundo passo é analisar como cada geração trabalha e oferecer condições favoráveis.
Enquanto a geração baby boomers gosta de trabalhar em equipe, a X prefere trabalhar sozinha e a Y gosta de equipes honestas e abertas.

Veja no que cada geração é melhor

Cada grupo tem uma característica de destaque e que pode trazer benefícios a empresa. A geração baby boomers tem perfil de mentor, enquanto que os da geração Y são mais criativos e podem encontrar diferentes soluções.

Incentive o diálogo

É importante que o gestor atue como uma ponte entre as gerações para que elas possam se comunicar e entender o ponto de vista uma das outras.

A geração baby boomers é mais tradicional e por isso não gosta da informalidade da geração Y, que em contrapartida pode se incomodar se suas ideias não forem valorizadas.

Além disso, todos podem aprender uns com os outros. Enquanto a geração baby boomers transmite sabedoria, a X valoriza a lealdade e a Y está por dentro das tendências do mercado.

Encontre características em comum

Ainda que sejam diferentes, as gerações podem ter características em comum, por exemplo, as gerações X e Y gostam de flexibilidade, enquanto que a baby boomers considera o treinamento importante.

Elimine o preconceito

Você também deve evitar preconceito no ambiente de trabalho, devendo tratar todos com igualdade.

Por exemplo, não é porque a geração baby boomers tem dificuldade em lidar com tecnologia que é incapaz e nem porque a geração Y é informal que não é responsável e comprometida com o trabalho.

É preciso ter respeito por todos e conhecer as pessoas antes de julgá-las.

Atualize os funcionários

Para ajudar as gerações que têm dificuldade em lidar com a tecnologia é interessante atualizar todos os funcionários, para que o desenvolvimento seja contínuo a todos.

Dessa forma todos poderão aprender juntos e estarão no mesmo patamar, evitando as dificuldades com dispositivos e softwares.

Elabore uma política de benefícios flexível

Você também deve tentar atender as necessidades de todas as gerações, por meio de uma política de benefícios flexível.

Por exemplo, se a geração Y valoriza qualidade de vida, propósito e prazer, você pode oferecer plano de carreira, horários flexíveis ou um curso de qualificação.

Enquanto que para a geração X que aprecia a estabilidade pode oferecer um plano de saúde familiar e benefícios que ajudam a equilibrar a vida pessoal com a profissional.

No entanto, pode haver exceções, por isso é bom oferecer benefícios de acordo com o interesse do funcionário, sem considerar apenas sua geração.

Atualize-se

Você também deve estar atento a todas as mudanças relacionadas à diversidade, fatores sociais e econômicos e tecnologia que podem ter influência nas interações entre as gerações, devendo deixar as informações claras a todos os colaboradores.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Quatro gerações no mercado

Como você viu neste post, o conflito de gerações se tornou mais intenso atualmente, uma vez que é a primeira vez que quatro gerações convivem juntas no mercado de trabalho.

Entre elas temos: baby boomers, X, Y e Z. Cada uma delas nasceu em uma época diferente e vivenciou fatos distintos da história, o que teve grande influência sobre sua personalidade e forma de ver o mundo.

Por isso que é comum haver conflitos no ambiente de trabalho, pois enquanto as gerações mais antigas dão valor à hierarquia e estabilidade as mais novas apreciam a satisfação pessoal e a liberdade.

Para gerenciar esses conflitos é necessário realizar algumas estratégias, como:

  • compreender os diferentes perfis de trabalho;
  • levar em consideração os valores;
  • ver no que cada geração é melhor;
  • incentivar o diálogo;
  • encontrar características em comum;
  • eliminar o preconceito;
  • atualizar os funcionários;
  • elaborar uma política de benefícios;
  • atualizar-se.

 

Dessa forma é possível amenizar os conflitos e criar um ambiente de trabalho mais sadio em que todos são valorizados, o que aumentará a satisfação, retenção de funcionários, produtividade e consequentemente os resultados da empresa.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.