4 Perfis Comportamentais: Conheça as diferenças entre eles

Os 4 tipos de perfil comportamental são conjuntos de características que moldam a personalidade e comportamento de uma pessoa. Definir esses perfis têm grande importância para a empresa, pois por meio disso é possível dividir os colaboradores em categorias e determinar os cargos e atividades em que eles apresentarão um desempenho melhor.

Geralmente as pessoas apresentam mais de um perfil, no entanto há sempre um dominante e que pode ser explorado para que suas habilidades sejam potencializadas e o colaborador desenvolva autoconhecimento para identificar suas falhas e saber como lidar com elas para manter uma boa performance.

Vamos mostrar quais são os 4 perfis comportamentais, a importância de avaliar os perfis de seus colaboradores e os testes comportamentais que podem ajudar a reconhecê-los em seus funcionários e em si mesmo.

» Encontre o perfil ideal mapeando competências
Não basta apenas encontrar os melhores candidatos. Para uma gestão eficiente de talentos é preciso conhecer habilidades interpessoais e entender em que posição elas terão melhor desempenho, produtividade e satisfação.

Clique no botão abaixo e experimente de forma gratuita!

Quais são os 4 perfis comportamentais?

Existem 4 tipos de perfis comportamentais: o comunicador, o analista, o planejador e o executor. Vamos conhecer melhor cada um deles a seguir.

Comunicador

Pessoas com esse perfil conseguem se comunicar bem, são persuasivas e carismáticas. Elas são criativas e geralmente se animam com novas possibilidades, apresentando pensamento positividade sobre o objetivo que esperam alcançar.

Essas pessoas têm facilidade para se relacionar com colegas e geralmente são grandes influenciadoras capazes de contagiá-los com sua visão otimista.

Assim atuam bem em equipe, unindo as pessoas e tornando ambientes com conflitos mais leves, sendo ótimas para serem utilizadas para a socialização.

No entanto, por analisarem e planejarem bem suas ações, podem se empenhar em possibilidades difíceis ou impossíveis de se alcançar. Além disso, elas têm dificuldade em seguir regras.

A falta de pessoas com o perfil de comunicador em uma equipe pode resultar em equipes desanimadas e sem confiança no trabalho, além de apresentarem dificuldade com o fluxo de informações.

Por outro lado, o excesso de comunicadores em uma equipe pode trazer pouca organização e pouca responsabilidade, resultando em erros e atrasos.

Analista

Geralmente as pessoas com esse perfil gostam de seguir um método com um passo a passo, se atentando aos detalhes e realizando as tarefas com perfeição. Geralmente os analistas se dão bem em áreas relacionadas ao conhecimento e à pesquisa.

Seus trabalhos não costumam apresentar erros, sendo feitos com todo o cuidado e atenção.

No entanto os analistas não trabalham bem sob pressão, quando isso acontece acabam deixando as tarefas de lado e se fechando. Além disso, são orgulhosos e exigentes demais consigo mesmos e com os outros.

Também podem se estressar ao ver que seu trabalho minucioso não é valorizado devido à necessidade de alta produção.

É importante que as pessoas com esse perfil sejam gerenciadas, pois podem acabar perdendo tempo em atividades que não precisam de tanta atenção.

Se houverem apenas analíticos em um grupo não dará certo, pois pode dificultar na tomada de decisão. Mas eles são muito importantes em equipes especializadas, sendo que sem eles o trabalho não tem tanta qualidade.

Planejador

Pessoas com esse perfil são calmas, controladas e gostam de planejar as coisas com antecedência. Trabalham em ritmo constante, são estáveis e conservadoras.

Os planejadores gostam de ajudar os outros e tem facilidade para conviver em grupo, se dando bem com o trabalho em equipe. São pacientes e costumam ser estáveis na execução de suas atividades.

Pessoas que têm esse perfil também costumam evitar conflitos diretos e têm um forte senso de justiça, por isso são ótimas para lidar com conflitos.

Além disso, elas têm facilidade para acompanhar os resultados da equipe e dar feedbacks.

No entanto, não se preocupam em entregar uma tarefa de forma rápida caso notem que é preciso conferir o planejamento. Os planejadores também têm criatividade limitada, o que acaba atrapalhando no caso de ser necessário tomar decisões ou medidas rápidas.

Apesar de terem qualidades de um bom líder, os planejadores são pessimistas e têm medo que as coisas fujam do seu controle e planejamento.

Geralmente as equipes que contam com pessoas com esse perfil seguem as tarefas que foram estabelecidas, mas não apresentam resultados superiores ao esperado.

Executor

Os executores são pessoas que são objetivas e diretas que não se prendem a detalhes e ficam completamente concentradas para cumprir uma tarefa. Os executores são determinados e ficam firmes em um objetivo, ainda que ele seja impossível de atingir ou desnecessário.

As pessoas com esse perfil são ambiciosas, gostam de desafios e de liberdade de ação. Elas são ótimas para cumprir metas e até mesmo mostram resultados maiores.

No entanto, equipes que tenham muitos executores podem alcançar os objetivos estipulados, mas sem seguir as instruções da empresa e trabalharem em conjunto com outros setores, pois tem excesso de confiança, confiando apenas em suas habilidades.

Por outro lado, equipes que não tem muitos executores não tem muita ação e geralmente tem dificuldade em tomar decisões, além de se intimidarem no cumprimento de metas e ao lidar com clientes e fornecedores.

Por que é importante avaliar os perfis comportamentais de seus funcionários?

Porque conhecendo os perfis comportamentais de seus colaboradores você será capaz de organizá-los em funções que eles se dêem melhor e tenham mais habilidade. Dessa forma seus funcionários apresentarão mais produtividade, além de se sentirem mais satisfeitos.

Além disso, essa prática ajuda a formar equipes altamente competentes, compostas por profissionais com competências que se complementem.

A análise dos perfis comportamentais também ajuda a mostrar as áreas onde é necessário realizar treinamentos, auxilia na gestão de conflitos internos, motiva os funcionários, que acabam se sentindo mais valorizados e satisfeitos nas áreas atuantes, assim diminuindo a rotatividade.

É indicado que essa avaliação seja feita durante o processo de recrutamento e seleção e quando a companhia necessitar realizar mudanças de cargos ou selecionar o colaborador ideal para ser promovido.

Testes que ajudam a definir o perfil comportamental

Existem diferentes testes de perfil comportamental, cada um deles tem uma metodologia única e que é capaz de traçar o perfil de um colaborador. Vamos conhecê-los:

Metodologia DISC (Dominance, Influence, Steadnisess, Conscientiousness)

Essa metodologia foi criada por Willian Moulton, um psicólogo estadunidense. Ela é utilizada em vários países e tem um alto índice de efetividade.

Essa metodologia mostra informações importantes que ajudam a mapear cada pessoa, mostrando suas principais características comportamentais. Suas siglas em português significam:

  • (D) dominância: mostra informações sobre o perfil comportamental que é dominante e maneira da pessoa atuar, indicando como ela enfrenta desafios e dificuldades e apresenta seus principais atributos;
  • (I) influência: apresenta informações em detalhes de como é o relacionamento de cada indivíduo com as pessoas ao redor, como se comunica e sua capacidade de influenciar os outros;
  • (S) estabilidade: mostra a maneira que a pessoa lida com mudanças e transformações ao seu redor e como ela reage nessas situações;
  • (C) conformidade: apresenta a habilidade da pessoa se adaptar ao ambiente, respeitar as regras impostas e seguir o que foi estabelecido.

 

Teste de perfil comportamental dos bichos

Esse teste define os 4 perfis comportamentais comparando-os com animais. O lobo é o analista, o gato é o comunicador, o tubarão é o executor e a águia é o planejador.

Por meio desse teste é possível estabelecer o perfil comportamental da pessoa e identificar qual o comportamento dominante de cada um, além de personalidade, gostos, coisas que as motiva e forma de ver o mundo.

Os lobos são animais observadores e detalhistas, contendo uma audição apurada. Eles são fiéis à alcateia, trabalhando bem em grupo. Pessoas com esse perfil são organizadas e sistemáticas, têm uma boa visão estratégica e são capazes de elaborar planos simples ou complexos e segui-los com eficácia.

Os gatos são animais amorosos, carinhosos, brincalhões e acolhedores. Pessoas com esse perfil são receptivas, trabalham bem em equipe e possuem uma boa comunicação. Elas também são capazes de inspirar as pessoas a atuarem bem em conjunto.

Os tubarões são poderosos predadores e ótimos caçadores. Pessoas com esse perfil são determinadas, objetivas e têm a capacidade de enfrentar desafios de maneira rápida e precisa.

Por outro lado as águias voam alto e tem uma visão que vai além do imaginável. Pessoas com esse são criativas, idealistas e tem conseguem enxergar o futuro e causar mudanças relevantes.

Metodologia STAR (Situação, Tarefa, Ação, Resultado)

Por meio desse método é possível organizar as respostas a partir de exemplos concretos. Ele tem como finalidade saber se o candidato ou funcionário possui habilidade e experiência para trabalhar em determinado cargo.

Geralmente essa metodologia é utilizada durante o processo seletivo e é realizada por meio de perguntas que tem a finalidade de saber como o candidato reagiu a certa situação.

Vamos considerar a seguinte pergunta: “Como você resolve discussões?”

A resposta passa pelas quatro letras da sigla STAR, as quais mostram os seguintes pontos:

  • situação: o candidato conta sobre um evento que aconteceu;
  • tarefa: fala sobre a função que exercia quando ocorreu essa situação e quais eram suas dificuldades;
  • ação: mostra quais foram as atitudes tomadas para resolver o problema;
  • resultado: apresenta o resultado que foi alcançado por meio de sua ação.

 

Por meio das respostas é possível avaliar se o candidato é adequado para a vaga que está em aberto ou se ele já for funcionário de sua empresa se o cargo que ocupa é ideal para seu perfil.

» Conheça o Perfil dos seus Colaboradores
Mapeando competências através do MAP você poderá identificar gaps e potencializar habilidades individuais, direcionando carreiras de forma assertiva.

Não é apenas sobre o que as empresas buscam, é sobre promover o autoconhecimento.

Clique no botão abaixo e experimente de forma gratuita!

A importância dos 4 perfis comportamentais para a empresa

Como você viu, os 4 perfis comportamentais são conjuntos de aspectos que ajudam a definir a forma de pensar e agir de uma pessoa frente às situações no trabalho e em sua vida pessoal.

É importante avaliar os perfis dos seus colaboradores, pois assim é possível separá-los nas funções que eles terão mais desenvoltura e habilidade para atuar, ao mesmo tempo em que aumenta a produtividade e diminui a taxa de turnover.

Entre os 4 tipos de perfil comportamental temos: o comunicador, o analista, o planejador e o executor. Cada um deles se dá melhor em determinado tipo de atividade e todos se complementam em uma equipe, de modo a auxiliarem na execução das atividades e cumprimento de objetivos.

Para saber os perfis comportamentais de seus funcionários você pode realizar testes comportamentais como: a metodologia DISC, teste comportamental dos bichos e a metodologia STAR. Assim você poderá elaborar a melhor estratégia para organizar sua empresa e extrair o que há de melhor em cada profissional.

Descubra seu Perfil Comportamental!

Responda ao rápido questionário e receba um relatório completo sobre suas habilidades pessoais e interpessoais!