6 livros para inspirar a inovação em sua empresa!

Descubra como fomentar e inspirar a inovação no contexto organizacional, entendendo a dinâmica e aplicabilidade dos seus processos.

O conceito de inovação é definido pela exploração com sucesso de novas ideias, e vem se tornando cada vez mais pertinente no cenário brasileiro e mundial.

Isso acontece pois esta é uma das mais importantes dinâmicas que permite às organizações alcançarem um alto nível de competitividade tanto no mercado nacional quanto no internacional.

Nesse sentido, a cultura da inovação é considerada elemento vital para o  desempenho organizacional, moldando os padrões de lidar com a novidade, fomentando iniciativas individuais e ações coletivas voltadas para oportunidades de negócios.

Assim, ter um ambiente favorável à inovação passou a ser fator determinante de desenvolvimento e progresso, e o conhecimento teórico e prático exerce papel fundamental nessa jornada.

Dado isso, selecionamos neste artigo as 6 melhores referências bibliográficas acerca do tema em questão, para que você possa compreender os aspectos imprescindíveis à obtenção de resultados inovadores e, em sequência, inspirar a inovação em sua empresa.

Boa leitura!

1. A Regra é Não Ter Regras – Reed Hastings, Erin Meyer

A Netflix é uma empresa multinacional extremamente bem-sucedida no cenário do entretenimento mundial, que oferece filmes e séries por streaming e atingiu a marca de 200 milhões de assinantes recentemente.

Seu sucesso e crescimento exponencial se deve, principalmente, à filosofia inovadora e cultura de reinvenção implementada na organização e, por isso, a nossa primeira recomendação é o livro “A Regra é Não Ter Regras”, escrito por Reed Hastings, cofundador e CEO da Netflix, ao lado da professora Erin Meyer.

Eles revelam os princípios controversos que transformaram a Netflix em um exemplo inigualável de criatividade, inovação e adaptação, tendo a ausência de controle e normas como estratégia ideal para alavancar o potencial criativo e inovador de seus funcionários em um mundo cada vez mais volátil e competitivo.

A partir dessa leitura, você descobrirá como a gestão inovadora, moderna e revolucionária da Netflix transformou o mercado de consumo e produção de filmes, fazendo-o repensar a quantidade infinita de regras e processos existentes nas organizações que acabam minando a criatividade e engajamento dos profissionais.

2. Transformação Digital – David L. Rogers

A Transformação Digital é um processo em que as empresas utilizam a inovação e tecnologia para dar velocidade à resposta, melhorar o desempenho e prover um atendimento personalizado, disponibilizando experiências únicas de relacionamento e de consumo aos seus clientes.

Nessa perspectiva, visando tratar desse assunto tão pertinente ao tema deste artigo, falaremos mais a fundo sobre o livro “Transformação Digital”, no qual o palestrante, professor e especialista digital, David Rogers, ensina como adaptar negócios já estabelecidos à era digital.

Segundo o célebre autor, a Transformação Digital não é uma questão de tecnologia, mas de estratégia, isto é, o processo de uso de tecnologias digitais em empresas para aumentar a performance e se adaptar à economia digital é essencialmente um desafio de gestão.

Apoiado nessa premissa, Rogers explica a importância das organizações repensarem os cinco domínios da transformação digital: clientes, competição, dados, inovação e valor, refletindo sobre cada um deles e propondo formas de aproveitamento das redes, big data e plataformas para aplicá-los ao seu modelo de negócio.

3. Change By Design – Tim Brown

O Design Thinking é uma ferramenta de inovação, aplicada de forma coletiva e colaborativa, que consiste em encontrar soluções inovadoras e criativas para os problemas organizacionais, focadas nas necessidades reais do mercado e não em pressuposições estatísticas.

Essa abordagem do pensamento criativo, voltada para a identificação e o desenvolvimento de oportunidades inovadoras, deu origem ao livro Change By Design, de autoria de Tim Brown, CEO e presidente da IDEO, que idealizou e popularizou o termo em questão.

Através de uma visão centrada no usuário final e em seus verdadeiros problemas, o autor reintroduz o pensamento de design e caminha pelas etapas do design thinking – inspiração, problema e concepção para execução mostrando como suas técnicas e estratégias pertencem a todos os níveis de negócios.

Portanto, essa leitura torna-se essencial para líderes criativos que buscam propagar o design thinking em sua empresa a fim de enfrentar o grande desafio: inovar produtos ou serviços com qualidade!

4. Criatividade S.A. – Ed Catmull

A criatividade é uma habilidade humana crítica que traduz a capacidade de pensar fora da caixa e de se adaptar facilmente às mudanças, fazendo a ponte entre as organizações e a cultura de inovação, na qual resulta em processos de criação inovadores e sustentáveis, além de novos produtos e métodos de planejamento.

Tendo em vista todos esses fatores citados e pensando em ajudá-lo a mergulhar no universo da criatividade e inovação para fomentá-las em sua empresa, trouxemos como quarta sugestão de leitura o best-sellerCriatividade S.A.”.

Escrito por Ed Catmull, cofundador da Pixar Animation Studios e Ph.D em ciência da computação, este livro narra os bastidores do sucesso da Pixar, reconhecido como o mais importante e lucrativo estúdio de animação mundial, que tem sua gestão de negócios baseada na inspiração, inovação, fertilização de ideias e cultura da criatividade.

Em síntese, essa obra é imprescindível para todos àqueles que desejam construir um ambiente corporativo criativo e entender como construir uma cultura capaz de preservar o novo, estimular a sinceridade e a interação e, acima de tudo, saber o verdadeiro significado de liderar.

5. De Zero a Um – Peter Thiel

É preciso partir do zero para inovar. Mas, o que isso significa? Cada inovação tem suas próprias regras e contextos, e a criação de algo totalmente novo vai de zero a um, o que define a inovação disruptiva, com crescimento vertical, exponencial e alcance do monopólio no mercado.

Esta é a visão que norteou a escrita do best-seller global, “De Zero a Um”, visto que o livro nasceu das anotações de um aluno que assistiu ao curso sobre empreendedorismo ministrado por Peter Thiel, empresário americano e cofundador do site de pagamento online Paypal.

Instigante e autêntica, a obra discorre sobre como uma startup pode ser inovadora e quais as chances do negócio dar certo em um mercado competitivo, executando uma solução viável para algo percebido pelo cliente como valor, e que tenha seu diferencial a fim de superar em muitas vezes o diferencial da vasta concorrência.

Dessa forma, o autor, que é um insider do Vale do Silício, apresenta uma perspectiva otimista do futuro do progresso e uma maneira original de pensar sobre inovação, fundamentada na criação que acompanha a evolução e descortina novas eras.

6. O Dilema da Inovação – Clayton M. Christensen

Por que empresas tão qualificadas e líderes de mercado fracassam quando o assunto é inovação tecnológica? Esta e outras inúmeras perguntas sobre o universo da inovação são respondidas no clássico best-sellerO Dilema da Inovação”, eleito pelo The Economist como um dos 6 livros de negócios mais importantes dos últimos 50 anos.

Clayton Christensen, professor da Harvard Business School considerado um dos pensadores de gestão mais influentes do mundo, traz neste livro o conceito de Inovação Disruptiva, que descreve o processo de ressignificação de um produto, tecnologia ou serviço em uma solução inovadora superior.

Nesse contexto, o autor apresenta um conjunto de regras sobre a ascensão de ideias disruptivas, fazendo um comparativo com a inovação incremental e reforçando seus ensinamentos através de exemplos de organizações que sucumbiram diante das alterações na estrutura do mercado.

Simplesmente inspiradora, essa leitura te ensinará a antever e corrigir os erros de projetos tecnológicos de ruptura, vencer as práticas corporativas tradicionais e, consequentemente, fomentar a inovação em sua empresa.

Como manter e incentivar a inovação!

É um grande desafio para as organizações manterem uma postura inovadora, pois dependem de um ambiente favorável, de pessoas criativas e sem medo de errar, de recursos para pesquisas e uma interação muito próxima com o mercado, de modo a perceber as oportunidades existentes.

Diante desses aspectos, é de suma relevância criar condições para que a inovação aconteça, executando práticas gerenciais que promovam uma cultura inovadora focada no capital humano e na liderança.

Só assim, será possível gerar mudanças nos mais variados graus da era da informação, trazendo uma perspectiva de como a inovação pode contribuir significativamente para que as empresas alcancem seus resultados e suas missões.

 

Este post foi produzido pela equipe do PocketBook4You, uma plataforma que oferece centenas de resumos de livros dos maiores autores e best-sellers da atualidade, e tem como principal missão levar conhecimento diversificado que se encaixa no dia a dia de cada um dos seus usuários, ao redor do Brasil e do mundo!

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.