Você é Hands On? A Profissão Conquistou o Mercado

Você já ouviu falar de profissional hands on? Trata-se daquele funcionário ou gestor que é proativo e que realiza suas tarefas sem necessitar de gerenciamento constante, apresentando autonomia.

Esse tipo de profissional está sendo muito valorizado nas empresas, pois ele é capaz de se desenvolver dentro da organização e proporciona mais produtividade e eficiência em seu trabalho.

Além de se empenhar em ser um profissional hands on é importante motivar seus colaboradores a serem também, assim o trabalho da equipe terá melhor qualidade e você conseguirá solucionar problemas que possam aparecer com mais desenvoltura.

Neste post você vai compreender o que é de fato o profissional hands on, por que ele é importante para a empresa, quais são suas características e como desenvolvê-las em si mesmo e em seus colaboradores e os desafios que tem que enfrentar.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que é profissional hands on?

Hands on é uma expressão em inglês que significa “colocar a mão na massa”, então um profissional hands on seria aquele que trabalha com autonomia para realizar suas tarefas.

Geralmente é o funcionário proativo que não precisa que seu gestor diga o que é necessário ser feito e é capaz de realizar a atividade com qualidade e ir além do esperado.

Além disso, esse profissional tem várias habilidades e sempre está disposto a aprender coisas novas.

Por que o profissional hands on é importante?

Porque no mercado as empresas recebem informações novas a todo o momento, por isso são necessários profissionais que estejam aptos a não só aprender como executar tarefas com qualidade e autonomia.

Esses profissionais também estão sempre tendo novas ideias e sabem liderar, o que pode trazer muitos benefícios para a empresa.

Pois esses colaboradores são capazes de realizar várias atividades, aumentando assim a produtividade e a eficiência do trabalho da equipe e consequentemente trazendo mais resultados.

Quais as características do profissional hands on?

A maioria das pessoas tem potencial para ser um profissional hands on, basta saber como desenvolver determinadas características para que se tornem mais fortes.

Confira a seguir quais são essas características.

Ter proatividade

Essa é a característica principal de um profissional hands on. Isso significa que o funcionário tem iniciativa e não precisa esperar o gestor pedir que faça algo ou esperar que as condições estejam melhores.

Pois o profissional hands on cria soluções e realiza o trabalho da melhor maneira possível.

Além disso, ele não atividades pendentes, realizando os processos de maneira ágil. Isso proporciona mais produtividade e eficiência.

Evitar passar erros

O profissional hands on geralmente não se importa com cargos, funções e setores quanto se trata de solucionar determinado problema.

Ainda que não faça parte de sua função se está em suas mãos ele tentará encontrar a solução, caso contrário, avisará os responsáveis.

Isso porque ele pensa no bem da empresa acima de tudo. Por isso evita que erros passem, ainda que seja competência de outro setor, tendo o intuito de tudo funcionar bem.

Possuir flexibilidade

Outra característica que esse tipo de profissional tem é a flexibilidade, pois como coloca como prioridade os resultados é capaz de atuar bem em diferentes atividades, cargos e projetos.

Se um profissional trabalha em determinada área é capaz de atuar de diferentes formas, tendo novas ideias que poderão motivar e treinar a equipe, além de conseguir resolver problemas internos.

Gostar de aprender

O profissional hands on também está sempre em busca de conhecimento, pois deseja melhorar cada vez mais sua atuação.

Por isso fica motivado pelo aprendizado e procura cursos, especializações, mestrados e doutorados.

Além disso, ele também tem habilidade para aprender na prática, sendo capaz de analisar seu próprio desempenho, buscar feedback e aprender com os erros. Assim esse tipo de profissional costuma ser promovido.

Como desenvolver as habilidades do profissional hands on?

Para ter sucesso profissional você deve se empenhar em desenvolver habilidades que o tornem cada vez mais como profissional hands on.

Você consegue isso sendo mais produtivo e participando ativamente da execução das atividades. Dessa forma se tornará mais proativo e fará diferença em sua equipe.

Você também deve se desafiar, assumindo novos projetos, elaborando novas ideias e ajudando colegas que tenham dificuldade. Isso te dará mais flexibilidade.

Como incentivar seus colaboradores a se tornarem profissionais hands on?

Você como gestor deve incentivar seus colaboradores a terem mais autonomia, dessa forma sua equipe apresentará mais produtividade e eficiência em seu trabalho, o que gerará melhores resultados para sua empresa.

Para fazer isso você deve realizar algumas práticas. Vamos conhecê-las.

Implante uma metodologia colaborativa

A metodologia colaborativa nada mais é do que um sistema de aprendizado que tem como intuito a troca de experiências e conhecimento, o que ajuda a motivar e engajar a equipe.

Dessa forma os colaboradores não só aprendem como também se sentem pertencentes ao grupo, uma vez que todos estão aprendendo em conjunto, o que aumenta seu comprometimento.

Para alcançar isso é preciso incentivar disciplina e compromisso para que todos estejam engajados nas atividades propostas.

Além disso, você deve avaliar a evolução de todos, liderar a equipe, para dar uma direção nos processos que devem ser desenvolvidos e reconhecer o progresso dos colaboradores, para que eles se sintam motivados.

Engaje os colaboradores

Você também deve incentivar seus funcionários a serem profissionais hands on, para isso é necessário que eles conheçam a visão, valores, objetivos e missão da empresa.

Assim saberão o que a mesma espera deles e de seus resultados. Também é preciso incentivá-los a darem novas ideias para melhorarem a organização, isso os fará se sentirem parte dela e aumentará seu comprometimento.

Valorize boas atitudes

É essencial que você valorize quando seus colaboradores apresentam proatividade e iniciativa, é uma forma de incentivar esse tipo de comportamento e assim engajá-los a terem mais atitude.

Saiba dar feedback

Outra ação importante para tomar é saber dar um feedback a seus funcionários seja positivo ou negativo. É bom reconhecer quando eles acertam e saber orientar quando erram, sem martirizá-los e tratar os erros como se fosse o fim do mundo.

Incentive o desenvolvimento profissional

Você também deve incentivar o desenvolvimento profissional e estimular quando algum funcionário tem interesse em fazer cursos e melhorar sua qualificação na empresa.

Por isso é bom oferecer treinamentos, ajudar nos custos de cursos e até mesmo implementar uma biblioteca dentro da empresa. Isso engajará os funcionários a cada vez mais adquirirem conhecimento.

Quais os desafios do profissional hands on?

Mesmo que sejam profissionais valorizados no mercado existem alguns desafios que todo profissional hands on tem que enfrentar.

O primeiro desafio é não centralizar as atividades em si mesmo, isto é, fazer tudo sozinho. Isso é ruim não só para o profissional como a equipe, pois enquanto a pessoa fica mais estressada e ansiosa pode acabar atrapalhando a produtividade do grupo, principalmente quando se encontra ausente.

Pois se todas as atividades dependerem apenas de um profissional significa que ele nunca pode ficar doente ou tirar férias. O ideal é não exagerar e saber delegar tarefas, assim todos se sentirão engajados e valorizados.

Outro desafio é em relação a quais atividades devem fazer parte da função de um gestor, administrar ou executar?

Para responder essa pergunta é preciso estabelecer os objetivos de seu setor e seus liderados. Você deve saber delegar tarefas, mas estar pronto a realizar atividades que competem à sua alçada, como enfrentar e resolver problemas.

Por isso o papel do gestor é estar pronto para ajudar seus subordinados a solucionar qualquer imprevisto que apareça e orientá-los sobre a melhor forma de atuar.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Agora é com você!

Como você viu neste post o profissional hands on é aquele que tem autonomia e é proativo, realizando tarefas que vão além de sua função com o intuito de levar a empresa ao sucesso.

Esse profissional é importante, pois em meio a tantas informações que recebemos atualmente são necessários funcionários que estejam dispostos a colocar a mão na massa e aprender.

Além disso, como os profissionais hand on são criativos e sabem como liderar uma equipe podem trazer bons resultados para a empresa, aumentando a produtividade e engajando seu grupo a trabalhar melhor.

Entre as características dos profissionais hands on estão:

  • ter proatividade;
  • evitam passar erros;
  • possuir flexibilidade;
  • gostar de aprender.

 

Se você não tem todas essas características pode desenvolvê-las aumentando sua produção e participando das atividades da empresa, além de aceitar desafios como assumir novos projetos, elaborar novas ideias e ajudar colegas que tenham dificuldade.

Mas se você é um gestor e quer incentivar seus funcionários a serem mais proativos pode realizar algumas práticas como: implantar uma metodologia colaborativa, engajar os colaboradores, valorizar boas atitudes, saber dar feedbacks e incentivar o desenvolvimento profissional.

Dessa forma seus funcionários se sentirão mais comprometidos no trabalho, serão mais produtivos e também poderão se tornar profissionais melhores.

Porém existem desafios ao se tornar um profissional hands on, sendo que o maior deles é evitar fazer tudo sozinho, pois isso pode prejudicar você e sua equipe, que diminuirá sua produtividade e se sentirá desmotivada, por isso é importante saber delegar tarefas.

Por isso é preciso encontrar um equilíbrio e saber delegar tarefas. Assim você se tornará um gestor e profissional melhor e terá grande valia para sua empresa.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.